CADASTRE-SE

Camargo pretende vender parte da InterCement

São Paulo – Para levantar recursos, a Camargo Corrêa pretende vender parte de sua empresa de cimentos. A intenção do grupo é encontrar um sócio disposto a comprar de 10% a 18% da InterCement, de acordo com o jornal Folha de S.Paulo. A fatia poderia render de R$ 2 bilhões a R$ 3,6 bilhões, segundo o jornal e a porcentagem ainda está em discussão no conselho de administração da companhia.

A InterCement é uma das maiores produtoras de cimento do mundo e a principal empresa do grupo Camargo Corrêa hoje. Ela é dona de 40 fábricas pelo mundo e, no Brasil é a segunda maior do mercado de cimentos, atrás apenas da Votorantim.

No ano passado, a empresa teve faturamento de 8 bilhões de reais. Hoje, a área de cimento responde por mais de 30% da receita da Camargo, que faturou R$ 26 bilhões no ano passado.

Em abril, a companhia estava avaliando opções para a InterCement. Na época, uma das alternativas era fechar algumas operações que não são lucrativas e pouco estratégicas.

Ela havia informado que estava cortando parte de seus investimentos para priorizar a redução de endividamento, que em 2014 era de 2,6 bilhões de reais.

Com a venda de 10% a 18% da divisão, a empresa poderá fazer novos investimentos, principalmente no exterior, em países como Moçambique, Paraguai e Egito, segundo a Folha.

 Negócios

Karin Salomão

Karin Salomão, de EXAME.com

Adaptação : www.cimento.org

Postado em:
9 jun 2015 às 20:23hs
Icone do Facebook Icone do Twitter Icone do Google Plus Icone do Linkedin


Outras Notícias


Parceiros