www.cimentonline.com.br

CE- Seminário Estadual sobre Calçadas Acessíveis

Aconteceu hoje (15/07/2011) no auditório do CREA-CE, no centro de Fortaleza, o 2º seminário sobre calçadas acessíveis.

O evento foi bastante prestigiado e tratou, pela segunda vez no CE e com o apoio do CREA, Instituto de Cidade, UFC e ABCP e com muita responsabilidade, a questão do direito a acessibilidade, que trata da possibilidade de alguém sair de um ponto a outro dentro de um determinado perímetro, ou seja, o direito de ir e vir dos cidadãos.

O objetivo do evento foi além da sensibilização e compreensão da importância do tema para os munícipes e para os gestores, de forma que esses últimos possam se comprometer com um acordo voltado a criação de programas de incentivos à valorização e padronização de calçadas e espaços públicos em todas as cidades. Ficou evidente a necessidade de um novo pensar e um novo sentir no tocante ao zelo que todos deverão ter em relação aos espaços públicos, calçadas e o direito a mobilidade, onde os órgãos competentes deverão fazer um novo benchmarking com tantas outras cidades como Recife, Belo Horizonte, Curitiba entre tantas outras que já usam, com sucesso e aprovação popular, os pisos intertravados de concreto, com um baixíssimo custo de manutenção e com o uso permanente por parte dos diversos públicos. Palestrantes e debatedores de renome nacional, como secretários estaduais, gestores municipais e estaduais e diversos profissionais do nordeste que junto com a participação de diversos segmentos e estudantes de engenharia e arquitetura, engrandeceram o seminário e enriqueceram o debate.

calcadaofortalezaCoincidentemente, no mesmo dia do evento, o jornal OPOVO estampou em sua primeira página o desgaste do calçadão da beira mar de Fortaleza, onde foram gastos, há menos de seis meses, mais de R$200 mil e devido ao material utilizado já começa a apresentar problemas, impedindo o bom acessos dos cidadãos e mesmo tirando parte da beleza da cidade que encanta os turistas: “Em plena temporada de alta estação, o calçadão da avenida Beira Mar, principal cartão postal de Fortaleza, apresenta problemas que enfeiam a passarela. Uma série de buracos por conta de cerâmicas quebradas ou arrancadas por completo do lugar podem ser vistos durante todo o trecho em que o calçadão é mais estreito.

Postado em:
15 jul 2011 às 16:01hs
Icone do Facebook Icone do Twitter Icone do Google Plus Icone do Linkedin


Outras Notícias


Parceiros