CADASTRE-SE

Construção caiu 1,8% na Zona do Euro.

De acordo com as primeiras estimativas do Eurostat ( Gabinete de Estatísticas da União Europeia) e com os ajustes sazonais do setor, em setembro de 2014, a construção civil caiu 1,8% na zona euro (EA18), que são os 18 países que adotaram o Euro como moeda única, caindo também 0,9% em toda a União Européia (EU28), quando comparados com os resultados de agosto deste mesmo ano. Em agosto de 2014, a produção na construção civil cresceu 0,7% na zona euro e manteve-se estável na EU28. Quando se compara o mês de setembro de 2014, com o mesmo mês de 2013, a queda é de 1,7% na zona euro e 0,4% em toda União Européia.

Os piores resultados foram registradas na Eslovénia (-8,6%), Itália (-5,4%), Suécia (-3,2%) e França (-2,3%), e os melhores alcançados na Roménia (+ 7,9%), República Checa (+ 2,7%) e na Bulgária (+ 2,4%).

Na comparação do mês de setembro de 2014 como o mesmo mês de 2013, os países que mais contribuíram com os resultados desfavoráveis foram a Itália com queda de 10,6%, Portugal (-5,2%), França (-3,4%), Holanda (-3,1%) e Alemanha (-1,5%), enquanto os “bons” resultados ocorreram na Espanha (+ 9,1%), cujos resultados ruins registrados no ano anterior ajudaram na consecução do  melhor resultado em setembro último e também na República Checa (+ 8,2%), Hungria (+ 7,3%), Eslovénia (+ 6,2%) e na Bulgária (+ 5,8%).

Postado em:
20 nov 2014 às 19:43hs
Icone do Facebook Icone do Twitter Icone do Google Plus Icone do Linkedin


Outras Notícias


Parceiros