ETS

Votorantim Cimentos anuncia nova rodada de investimentos

Votorantim Cimentos anunciou nesta semana um novo pacote de investimentos da ordem de US$ 1,6 bilhões para o período de 2015  à 2018. Os valores serão investidos em cinco novas fábricas no Brasil, uma na Turquia e uma na Bolívia, bem como na ampliação e modernização das plantas existentes. O anúncio recente surgiu após o plano de investimentos de US$ 3,2 bilhões, anunciados em concluída no período entre 2007-2014, quando a empresa expandiu sua capacidade global de produção em 51%.

No Brasil, a prioridade da Votorantim é aumentar a produção nas regiões norte e nordeste, regiões que apresentam, segundo o grupo, potencial de crescimento no setor da construção e consumo de cimento. Duas das novas fábricas de cimento começarão a produzir ainda neste ano (2015), uma em Edealina (GO) e outra em Primavera (PA). Na segunda fase, no Ceará, com a construção de duas fábricas em Sobral e Pecém e maia a planta de Caaporã, na Paraíba, próxima a sua ex-fábrica, hoje tocada pela Lafarge.  Essas últimas plantas estão sendo planejadas para entrar em operação no segundo semestre de 2017.

CEO Global da Votorantim CimentosCom os investimentos anunciados, a Votorantim projeta aumentar sua capacidade de produção de cimento no Brasil em 18%, adicionando cerca de 6 Mton/ano à sua atual capacidade de 32 Mton/ano. Os investimentos estão em linha com a preparação da empresa para um novo ciclo de crescimento no país. “Estamos concentrando os investimentos em mercados atrativos e rentáveis, sempre com a visão de longo prazo e pensando na demanda futura do mercado”, afirmou Walter Dissinger, CEO Votorantim Cimentos “.

Nas Américas e na Europa, os investimentos incluem uma fábrica de cimento em Yacuses, na Bolívia, em parceria com outras duas empresas e uma nova fábrica na Turquia. A empresa também está considerando a construção de uma nova fábrica no Marrocos. Em nos Estados Unidos existe um projeto para a ampliação da fábrica de Charlevoix em Michigan. “O mercado americano está se recuperando e mostra-se atraente”, disse Dissinger.  Os novos projetos fora do Brasil irão adicionar 2,5 Mton/ano à capacidade instalada da empresa. “Nós nos preparamos para enfrentar um cenário desafiador no Brasil e seguir a nossa política de pensar a longo prazo. Nossa disciplina e solidez financeira nos permite continuar investindo para estar prontos para a recuperação dos mercados”, concluiu o CEO da Votorantim Cimentos.

Equipe Global Cement e adaptação www.cimento.org

Postado em:
8 abr 2015 às 18:10hs
Icone do Facebook Icone do Twitter Icone do Google Plus Icone do Linkedin


Outras Notícias


Parceiros