CADASTRE-SE

Cimento condutor de eletricidade aquece edifícios

manouaEngenheiros da Universidade de Alicante, na Espanha, desenvolveram um cimento condutor de eletricidade. O principal objetivo é transformar o cimento em um material mais funcional, executando papéis além de sua função estrutural tradicional. “A tecnologia permite aquecer edifícios ou evitar a formação de gelo em infraestruturas como ruas, estradas, pistas de pouso e outros elementos,” explica o professor Pedro Garcés. O cimento condutor foi obtido adicionando nanotubos de carbono na composição do cimento tradicional.

“Para se obter um cimento que seja eficaz como elemento de aquecimento, ele deve ter uma baixa resistividade. Não se pode obter isso com os concretos convencionais, uma vez que eles são maus condutores de eletricidade. No entanto, isto pode ser feito com a adição de materiais condutores, tais como, por exemplo, materiais à base de carbono,” acrescenta Pedro Garcés.

Os nanotubos de carbono estão entre os melhores condutores de eletricidade que se conhece.

Os testes mostraram que a adição das nanopartículas de carbono não altera as propriedades estruturais do concreto e não compromete a durabilidade das estruturas construídas com ele. Por outro lado, a possibilidade de construir partes dessa estrutura com capacidade de conduzir eletricidade dá muito mais versatilidade ao produto.

Segundo o engenheiro, pode-se usar o concreto condutor em construções novas ou recobrir estruturas ou superfícies já existentes. O controle térmico é obtido mediante a aplicação de corrente contínua sobre o concreto. Segundo Garcés, os “testes deram resultados muito satisfatórios, obtendo ótimas propriedades de aquecimento do material com um consumo mínimo de energia”.

Postado em:
2 ago 2013 às 14:30hs
Icone do Facebook Icone do Twitter Icone do Google Plus Icone do Linkedin


Outras Notícias


Parceiros