CADASTRE-SE

2011:Vendas de Cimento cresce menos no nordeste.

transparenteO mês de dezembro de 2011, mesmo com vendas superiores ao mesmo mês do ano passado, apresentou resultados inferiores ao mês de novembro deste ano. As vendas de cimento no Brasil, em todo o ano de 2011, segundo o SNIC, cresceram 7,3%, chegando a 63,5 milhões de toneladas de cimento vendidos, sendo um pouco abaixo da expectativa do setor, porém ainda um excelente resultado, já que não inclui  o cimento importado por alguns estados da federação e ainda com a estimativa das vendas das moagens não participantes do SNIC. Diferente dos anos anteriores, o nordeste foi a região que apresentou o menor crescimento em vendas, com apnenas 6,3% em relação ao ano de 2010 (pode ser que essa característica seja diferente quando o SNIC, divulgar e comparar o consumo aparente e incluir o cimento importado para algumas cidades nordestinas e atualizar as vendas das moagens não associadas ao sindicato).

 

 

Novamente a região norte cresceu acima da média nacional, com vendas superiores ao ano anterior em 9,9%, seguida de perto, pela região centro-oeste que cresceu 9,6% em comparação ao ano anterior. As vendas de cimento desaceleraram no último trimestre do ano no Brasil, porém sem peso significativo para os bons resultados das vendas de todo o ano, conforme tabela.

Dados preliminares do SNIC (1.000 ton)

Origem

Jan a Dez

%

Nov

Dez

%

2010

2011

2011

2011

2011

Dez/Nov

Norte

3.288

3.615

9,9%

329

312

-5,16%

Nordeste

11.280

11.985

6,3%

1.080

1.088

-1,11%

Centro Oeste

6.242

6.839

9,6%

614

521

-15,14%

Sudeste

29.558

31.626

7,0%

2.689

2.313

-13,98%

Sul

8.787

9.438

7,4%

862

807

-6,38%

Venda Merc. Interno

59.155

63.501

7,3%

5.574

5.021

-9,43%

Exportação

36

44

21,2%

3

3

0%

Venda Total

59.191

63.545

7,49%

5.577

5.024

-9,91%

No gráfico abaixo, a evolução da produção/despacho de cimento em milhões de toneladas de 1971 a 2011.:

cimento consumo 2011

Postado em:
9 jan 2012 às 16:49hs
Icone do Facebook Icone do Twitter Icone do Google Plus Icone do Linkedin


Outras Notícias


Parceiros